Elevação da cota do reservatório de usina é aprovado

Banner na materia inicio  816 x90

Nesta tarde de quarta-feira (11) o Projeto de Lei Complementar 102/16, que autoriza a elevação da cota do reservatório da Usina Hidrelétrica de Santo Antônio do rio Madeira, foi aprovado com 14 votos favoráveis, nove (9) contra e uma ausência.

Depois de cinco horas de intensa discussão, debate e suspensão de sessões chegou ao fim a votação do emblemático projeto, que irá repassar para o Distrito de Jaci-Paraná (RO) R$ 30 milhões de reais e aos demais 50 municípios de Rondônia o vultoso montante de R$ 51 milhões de reais. Ou seja, serão repassados à cada prefeitura cerca de R$ 1 milhão.

A Santo Antônio Energia sustentável, é acusada em mais de 30 processos nos Ministérios Públicos. Tanto o MPF, quanto o MP apresentaram durante as audiências públicas, as graves denúncias que não são cumpridas pelo consórcio energético do rio Madeira. A platéia que estava na galeria ansiosamente esperando pela aprovação do projeto de lei complementar, era composta por vereadores, prefeitos e atingidos por barragens.

Quem saiu satisfeito foram os prefeitos que vão receber nos cofres os milhões, nos quais o Governo da Cooperação do então pré-candidato ao senado, Confúcio Moura (MDB) não teve a capacidade técnica para suprir as necessidades dos municípios durante os seus sete anos de mandato.

Os órgãos de controle e fiscalização agora devem ter a atenção redobrada nesses valores milionários aprovados nesta tarde de quarta-feira, que serão repassados aos sucateados poderes executivos de Rondônia.

MH

Do mapping.com.br 

Por Maique Pinto


Todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do seu autor e em nada tem a participação do site RO24HORAS
Loading...