65,6 milhões de pessoas estão fora da força de trabalho, diz IBGE

É assustadora a nova Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, do IBGE. De acordo com o órgão, 65,6 milhões de pessoas estão fora da força de trabalho. É o maior valor desde 2012.

Banner na materia inicio  816 x90

“O contingente fora da força de trabalho, no trimestre de abril a junho de 2018 (65,6 milhões de pessoas) subiu 774 mil pessoas (1,2%) frente ao trimestre de janeiro a março de 2018. Em relação ao mesmo trimestre de 2017, houve alta de 1,9% (1,2 milhão de pessoas)”, diz o relatório.

O levantamento da Pnad/IBGE registra que a população desocupada é de 13 milhões de brasileiros. A título de comparação, em 2014 esse número era de 6,1 milhões. Portanto, mais que dobrou.

Ainda de acordo com a pesquisa, o “bico” virou atividade para 23,1 milhões de pessoas no País — um quarto da população ocupada.

 

Por Esmael Morais


Todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do seu autor e em nada tem a participação do site RO24HORAS
Loading...