Ministro do Trabalho e deputado do PTB são alvos de operação da PF

Nélson Marquezelli é 1 dos alvos Ação é a 3ª fase da Registro Espúrio

Banner na materia inicio  816 x90

A PF (Polícia Federal) cumpre mandado de busca e apreensão no gabinete do deputado federal Nelson Marquezelli (PTB-SP). A ação da PF é 1 desdobramento da operação Registro Espúrio, que investiga suposta atuação de políticos na cobrança de propinas e de apoio em troca da concessão de registros sindicais no Ministério do Trabalho.

A PF cumpre 10 mandados de busca e apreensão e 3 mandados de prisão temporária, expedidos pelo STF (Supremo Tribunal Federal), em Brasília e Rio de Janeiro. De acordo com o portal G1, o ministro do Trabalho, Helton Yomura, foi afastado do cargo pela Corte.

O PTB e o Solidariedade, partidos que controlam o ministério, além de centrais sindicais, estão no centro das apurações.

REGISTRO ESPÚRIO

A 1ª fase da Registro Espúrio foi deflagrada no último dia 30 de maio, quando mirou os gabinetes dos deputados federais Paulinho da Força (SD-SP), Jovair Arantes (PTB-GO) e Wilson Filho (PTB-PB). A sede da Força Sindical também foi alvo da ação da PF.

Todos são apontados como integrantes do núcleo político da suposta organização criminosa que atuava no ministério. Nesta fase, todos os investigados negaram qualquer relação ilícita com o Ministério do Trabalho.

Já a 2ª fase da operação, deflagrada em 12 de maio de 2018, envolveu a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ)

 

Por Fernando Rodrigues


Todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do seu autor e em nada tem a participação do site RO24HORAS
Loading...