Juan Guaidó tenta articular greve do setor público da Venezuela

Banner na materia inicio  816 x90

O presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, afirmou nesta terça-feira (5) que estava conversando com sindicatos para convocar uma greve de funcionários públicos.

A paralisação do setor estatal é mais uma estratégia de Juan Guaidó para aumentar a pressão sobre a ditadura de Nicolás Maduro. O funcionalismo público é uma das mais importantes bases de apoio do regime chavista.

As greves que Guaidó tenta articular buscariam aproveitar o momento da oposição, impulsionado pela sua volta a Caracas, depois que o líder opositor fez um giro por países vizinhos em busca de apoio para sua campanha pela deposição de Maduro.

Embora Guaidó tenha publicamente especulado que autoridades da Venezuela o prenderiam quando retornasse, ele passou pelo Aeroporto Internacional de Caracas sem problemas.

O presidente interino venezuelano também convocou uma nova manifestação contra Maduro no sábado e o líder chavista respondeu nesta terça-feira (5) convocando demonstrações anti-imperialistas.

Em uma entrevista coletiva, segundo o G1, Guaidó afirmou:

“O momento chegou, e nosso chamado, nosso pedido, e nosso completo apoio a funcionários públicos, é por esta greve.”

Por Tarciso Morais


Todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do seu autor e em nada tem a participação do site RO24HORAS
Loading...