ONG Bilionária da Lava Jaro será questionada no TCU

Banner na materia inicio  816 x90

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) anunciou que fará “uma representação no Tribunal de Contas da União contra esse inaceitável desvio de finalidade de recurso público. Esse dinheiro deve ser devolvido aos cofres públicos”; o líder da bancada do PT, Paulo Pimenta, se refere à iniciativa de criar uma entidade para reunir o dinheiro de multas, indenizações e delações premiadas de “braço político da Lava Jato financiado integralmente com dinheiro público”; para ele, Sergio Moro e Deltan Dallagnol “perderam completamente o pudor”

O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) anunciou nesta segunda-feira 4 que fará “uma representação no Tribunal de Contas da União contra esse inaceitável desvio de finalidade de recurso público. Esse dinheiro deve ser devolvido aos cofres públicos”. A mensagem foi postada no Twitter pelo parlamentar, que compartilhou um artigo do jornalista Paulo Moreira Leite, do 247, sobre o tema: ONG bilionária dará superpoderes a Lava Jato.

O líder da bancada do PT, deputado Paulo Pimenta (RS), se refere à iniciativa de criar uma entidade para reunir o dinheiro de multas, indenizações e delações premiadas da operação de “braço político da Lava Jato financiado integralmente com dinheiro público”. Para ele, o ex-juiz e agora ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol “perderam completamente o pudor”.

Recentemente, Dallagnol noticiou que a Petrobras havia depositado R$ 2,5 bilhões, que segundo ele “serão empregados em favor da sociedade brasileira”, fruto de um “acordo feito com a força-tarefa da Lava Jato”.

“Ainda não caiu a ficha da mídia sobre o que significa essa jogada da Lava Jato, de administrar R$ 2,5 bilhões bancados pela Petrobras. Foi montada uma fundação de direito privado que será totalmente controlada pelos procuradores e juízes da 13ª Vara Federal de Curitiba, o núcleo da Lava Jato. Apenas com a aplicação dos recursos, serão gerados R$ 160 milhões anuais, segundo nota do Ministério Público Federal do Paraná”, alertou o jornalista Luis Nassif.

Do Brasil 247


Todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do seu autor e em nada tem a participação do site RO24HORAS
Loading...