Bolsonaro transfere COAF para o Banco Central via medida provisória

Banner na materia inicio  816 x90

COAF foi rebatizado como Unidade de Inteligência Financeira e deixa o Ministério da Economia, ao qual estava subordinado.

Através de uma medida provisória (MP), o presidente da República, Jair Bolsonaro, efetuou a mudança do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) para o Banco Central.

A informação já havia sido anunciada, nesta segunda-feira (19), pelo porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, segundo a agência EBC.

Segundo o porta-voz, Bolsonaro conversou sobre o assunto tanto com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, quanto com o chefe da pasta da Economia, Paulo Guedes:

“[A transferência do COAF] será executada por meio de medida provisória, colocando esse órgão no guarda-chuva do Banco Central e gerido por funcionários de carreira dessa instituição.”

Rêgo Barros disse que o COAF será uma “unidade de inteligência financeira” que não perderá o caráter colaborativo com outros órgãos e manterá o perfil de combate à corrupção:

“Essa mudança não inviabilizará esse combate tão importante. Foi dentro desse contexto que o presidente fez, por meio do assessoramento dos ministérios da Economia e da Justiça, essas pequenas modificações a fim de, posicionando essa unidade de inteligência financeira, obter dela a mais eficiente e eficaz ação.”

O órgão foi rebatizado como Unidade de Inteligência Financeira e deixa o Ministério da Economia, ao qual estava subordinado.

O ato será publicado oficialmente na edição desta terça-feira (20) do Diário Oficial da União.

Por Tarciso morais


Todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do seu autor e em nada tem a participação do site RO24HORAS
Loading...