Senado do Paraguai autoriza entrada de missão militar dos EUA

Banner na materia inicio  816 x90

O presidente Marito completa no dia 15 de agosto o primeiro dos seus cinco anos de mandato. Decisão pró-EUA irritou a oposição.

O Senado do Paraguai autorizou, nesta segunda-feira (5), a entrada de uma missão militar dos Estados Unidos.

A decisão foi tomada apesar dos protestos de parte da oposição. O senadores da Frente Guasú, um dos principais partidos da oposição no país, abandonaram a reunião extraordinária para discutir o tema.

Apesar do protesto dos opositores ao presidente Marito Abdo, o Senado aprovou a entrada ao Paraguai de dez instrutores do 20º Grupo de Operações Especiais dos EUA “com suas respectivas equipes, armamento e munição” para uma tarefa de treino de 11 de agosto a 11 de setembro.

A missão militar, que se deslocará em um avião da Força Aérea Americana, faz parte da Troca Conjunta Combinada (JCET), um programa de assistência das forças especiais americanas, segundo o pedido feito pelo governo Donald Trump ao Senado paraguaio, informa a agência EFE.

Por Tarciso Morais


Todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do seu autor e em nada tem a participação do site RO24HORAS
Loading...