‘Querem fazer busca e apreensão na casa de outro filho meu’, diz Bolsonaro

Banner na materia inicio  816 x90

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta terça-feira (24/12) que recebeu informações sobre o possível cumprimento de mandados de busca e apreensão na casa de um dos seus filhos. Sem citar o nome de quem estaria no alvo das autoridades, Bolsonaro fez o comentário em entrevista ao programa Brasil Urgente, da Band

Ao apresentar José Luiz Datena, o presidente afirmou que “provas fraudadas” podem ser utilizadas na ação. Ele fez o comentário após Datena afirmar que ele “ficava incomodado” com as denúncias envolvendo o senador Flávio Bolsonaro, suspeito de se beneficiar de um esquema de “rachadinha” e ficar com parte do salário de assessores, quando era deputado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). “Eu não tenho como provar. Mas querem fazer busca e apreensão na casa de um outro filho meu. Já, pelo que tudo indica, fraudando provas. Isso tudo é um jogo de poder, sujo”, disse.

Bolsonaro reclamou sobre o cumprimento de mandados de busca e apreensão contra pessoas ligadas a Flávio Bolsonaro, como o ex-assessor dele, Fabrício Queiroz. “Quando os caras fazem busca e apreensão, as famílias que tem sua casa invadida, ficam marcadas na rua. Isso que está acontecendo é um crime. Está em segredo de Justiça,a apure. Na hora certa divulgue as operações. Ficam fazendo essa pirotecnia para me atingir”, disse. 

Duante a entrevista, ele fez críticas ao governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, sem citar o nome do chefe do Executivo carioca. “Eu estava em Brasília, foi a polícia lá, do governador, ouvir o porteiro sobre o episódio”, disse Bolsonaro, se referindo as investigações do assassinato da ex-vereadora Marielle Franco. 

O presidente comentou a queda que sofreu na noite de segunda-feira (23/12), no banheiro do Palácio da Alvorada. Ele chegou a dizer que ficou com dificuldades de memória por algum tempo após o acidente.

Vídeo: Bolsonaro: ‘Se eu não tiver a cabeça no lugar, alopro’ (Estadão)

Veja Video na integra http://a.msn.com/01/pt-br/BBYejT8?ocid=sw

Por Renato Souza

Do Correio Brasiliense


Todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do seu autor e em nada tem a participação do site RO24HORAS
Loading...