Homem invade hospital e tenta matar ex-esposa e filha a tiros, mas é baleado pela PM em RO

Banner na materia inicio  816 x90

Homem invade hospital e tenta matar ex-esposa e filha a tiros, mas é baleado pela PM em RO

Homem invade hospital e tenta matar ex-esposa e filha a tiros, mas é baleado pela PM em RO

Um homem de 28 anos foi baleado por policiais militares depois de invadir o Hospital Municipal de Jaru (RO) e tentar matar a ex-esposa e a filha, durante a noite de quarta-feira (15). O suspeito, que não aceita o fim do casamento, chegou a atirar contra as vítimas mantidas reféns na recepção do hospital, mas a bala não acertou a criança e a mulher, de 26 anos.

Segundo a Polícia Militar (PM), em 25 dezembro do ano passado a mulher pediu o divórcio e, na noite de quarta-feira, a vítima pediu para o homem ir ao hospital levar as coisas da filha que tinham ficado na casa dele.

Ao chegar no hospital o homem agiu naturalmente e pediu que a ex-esposa o acompanhasse no estacionamento, pois os objetos da criança estariam dentro do carro. Quando chegou no veículo, de acordo com a polícia, o suspeito mostrou estar com um revólver.

“Ele me mostrou a arma e disse: ‘você vai comigo, se não eu vou matar todos da sua família aqui. Eu implorei pra ir lá dentro do hospital pegar minhas coisas e, de tanto implorar, ele deixou e disse que se eu ligasse pra polícia ele já tinha pagado alguém pra terminar o serviço, se acaso ele falhasse”, relata a vítima no boletim de ocorrência.

Quando entrou novamente no hospital, a ex-mulher do suspeito pediu ajuda e uma testemunha saiu disfarçadamente da unidade para chamar a polícia.

Ataque foi dentro do Hospital de Jaru, em RO — Foto: Portal P1/Reprodução

Ao ver a guarnição policial chegando no hospital, o suspeito correu para perto da mulher e da criança. A PM tentou conversar com o suspeito, mas ele rapidamente sacou uma arma da cintura e agarrou mãe e filha. Na ocasião, o ex-marido apontou a arma na altura da cabeça das vítima e chegou a atirar, mas a bala desviou.

Por causa do disparo dentro do hospital, um dos policiais entrou em luta corporal com o suspeito e tentou desarmá-lo. Porém, o suspeito ainda apontou a arma a outro policial e ameaçou atirar, sendo necessário que a PM reagisse.

O boletim diz que a PM fez dois disparos contra o suspeito, vindo a acertá-lo. Depois de cair baleado no chão, o homem continuou segurando a arma e um dos policiais pediu para ele soltar. Após alguns segundos o suspeito atendeu a ordem dos policiais e deixou a arma no chão.

Neste momento os policiais pediram para os funcionários chamarem a equipe médica do hospital, que socorreu o suspeito. O homem de 28 anos segue internado na unidade.

Além da arma que o suspeito usava, os policiais encontraram um facão dentro do veículo estacionado no pátio do hospital.

No hospital, a vítima contou aos policiais que estava na unidade desde sábado (11), cuidando de um padrasto que está internado. A idade da filha do casal não foi informada pela polícia.

Por G1 RO


Todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do seu autor e em nada tem a participação do site RO24HORAS
Loading...