Apesar de discurso errático de Bolsonaro, pesquisa indica que instinto de preservação prevalece na população

Banner na materia inicio  816 x90

Já há percepção dentro do governo de que o discurso errático do presidente Jair Bolsonaro, que em muitos momentos tem defendido a flexibilização do isolamento social, está o deixando cada vez mais isolado da população.

Pesquisa Datafolha publicada nesta segunda-feira (6) pelo jornal “Folha de São Paulo” reforça essa avaliação interna: 76% dos brasileiros acreditam que o mais importante neste momento é ficar em casa; 18% querem acabar com o isolamento; e 6% não souberam opinar.

Entre integrantes do primeiro escalão há preocupação com a forma como o presidente tem tratado o tema publicamente.

Em alguns momentos, como em pronunciamento na semana passada, Bolsonaro reconhece a gravidade da pandemia. Porém, em várias outras falas, entrevistas e postagens nas redes sociais, assume um discurso antagônico, na direção oposta de todas as evidências técnicas, científicas e recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

A percepção de ministros é que, neste momento, o que mais pesa para a população é o “espírito de sobrevivência”.

“Não dá para um governante fazer um discurso em que as pessoas tenham medo de ficarem expostas à contaminação. Mesmo que seja para garantir o emprego. O instinto de preservação da vida das pessoas sempre vai falar mais alto”, observou esse auxiliar da presidência sobre o resultado da pesquisa.

A postura contraditória do presidente faz com que a população passe a separar suas atitudes das ações do Ministério da Saúde. Pesquisa Datafolha divulgada na sexta-feira (3) mostrou que a aprovação da pasta é mais que o dobro da aprovação de Jair Bolsonaro.

Segundo o instituto, a pasta é aprovada por 76% da população, enquanto o presidente recebeu aprovação de 33%. O levantamento também aponta que governadores e prefeitos também têm taxas de aprovação que superam o presidente.


Todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do seu autor e em nada tem a participação do site RO24HORAS
Loading...