Polícia mata suspeito de ataque em Glasgow, que causou seis feridos

Banner na materia inicio  816 x90

Um suspeito foi morto pela polícia nesta sexta-feira durante um ataque em Glasgow no qual seis pessoas ficaram feridas, incluindo um agente, anunciou a polícia escocesa no Twitter.

“O indivíduo contra o qual a polícia abriu fogo está morto. Seis outras pessoas estão no hospital, incluindo um policial, que está em estado crítico, mas estável”, disse o chefe da polícia escocesa, Steve Johnson, no Twitter.

O evento ocorreu em torno do hotel Park Inn, na rua West George, centro da cidade. Várias ruas foram fechadas e a área circundante foi isolada.

A Positive Action in Housing, uma organização beneficente para pessoas sem teto e de direitos humanos, tuitou que o hotel estava acolhendo solicitantes de asilo durante a pandemia de coronavírus.

Johnson afirmou que o suspeito morto pela polícia era um homem, mas não especificou como o policial foi ferido, depois de relatos de que foi apunhalado.

O ataque, que a primeira-ministra escocesa Nicola Sturgeon chamou de “verdadeiramente terríel”, foi contido e não há riscos para a população, añadió.

Esse incidente ocorre apenas uma semana depois de três pessoas morrerem após serem apunhaladas em um parque na cidade de Reading, sudeste da Inglaterra, em um ataque que a polícia britânica considerou “terrorista”.

Em vídeos publicados nas redes sociais, policiais armados à paisana são vistos na rua West George.

Uma testemunha, citada pela agência Press Association, disse que viu um homem caído no chão sem sapatos e havia alguém ao seu lado.

“Não sei se foi um ferimento de bala, ou de faca, ou o que era”, disse Craig Milroy, que trabalha em um escritório próximo ao local. Acrescentou que o homem era uma das quatro pessoas levadas pelos serviços de emergências.

Outra pessoa que presenciou o ocorrido, identificada com o nome de Louisa, contou à Sky News que viu “pessoas com sangue no chão sendo atendidas”.

“Vi pessoas correndo para fora do hotel com a polícia gritando: ‘mãos para o alto, mãos para o alto, saiam!”, acrescentou.

AFP

Istoé


Todo e qualquer comentário é de inteira responsabilidade do seu autor e em nada tem a participação do site RO24HORAS
Loading...